Vertigens e tonturas

Tania Rubim

Vertigens e tonturas

O que as diferencia e quando recorrer à consulta de neurologia

As   vertigens  estão  entre os   motivos   mais frequentes das consultas de neurologia.

A maioria não são, contudo, de causa neurológica e têm origem nas estruturas do ouvido interno. Acompanham-se de  vómitos e  náuseas, surgem de   modo súbito e pioram com movimentos da cabeça.

As vertigens de causa neurológica são mais graves e habitualmente devem-se a lesões vasculares ou tumorais.

Nos casos de origem vascular, as vertigens associam-se a outros sintomas que surgem também de modo súbito como nas vertigens de causa periférica, do ouvido, mas a evolução é totalmente diferente. Um exemplo são os enfartes do tronco cerebral, situações potencialmente fatais que exigem cuidados especializados.

Quando procurar um neurologista
Se os episódios de vertigem são repetidos e foram excluídas causas de otorrinolaringologia, a pessoa deve procurar a opinião de um neurologista que procederá a uma investigação de potenciais causas de origem central, tais como lesões vasculares, tumorais, inflamatórias, entre outras.

 

Autora do livro "Escolhida para o Altar". Faço a obra de Deus no Altar por 18 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.


Leave a reply

Name (required)

Website