Serie Obreiras em Foco 23 – Corriqueira

Tania Rubim

Serie Obreiras em Foco 23 – Corriqueira

Davi tinha o proposito de levar a arca de Deus para Jerusalém. Como era um objeto sagrado, que representava a presença de Deus, os únicos que poderiam carrega-la eram os sacerdotes, ninguém mais podia sequer tocar na arca. Mas algo inusitado estava prestes a acontecer durante a viajem, Uzá tocou na arca para segura-la, mostrando assim irreverencia e demonstrando que não reconhecia a majestade e santidade de Deus simbolizadas pela arca.

Ele morreu na mesma hora e Davi ficando triste não quis mais levar  a arca, deixando-a na casa de Obede Edom.
A arca, um objeto especial e sagrado estava agora na casa de um homem comum,  parece que arca virou um objeto como outro qualquer, não havia mais a mesma reverencia e santidade.

Isso acontece também nos dias de hoje, pense como era no inicio, para subir ao altar e limpar tirávamos os sapatos, os objetos de Santa Ceia, o óleo consagrado, os materiais usados nos propósitos da igreja eram sagrados, víamos tudo com muita santidade, até mesmo quando encontrávamos um papel no chão, imediatamente o apanhávamos para jogar fora.

Com o passar do tempo as coisas foram mudando, a pessoa se familiarizou com os objetos sagrados, as coisas de Deus que antes tanto reverenciava, agora são para ela coisas comuns e correntes que não têm nenhum significado especial.

Vamos cuidar esses detalhes, não devemos nunca perder o temor, nos familiarizar tanto com as coisas de Deus, ao ponto de não vê-las mais com olhos espirituais e desse modo deixar de ser abençoadas.

Não esqueça, o tempo que arca ficou abençoando a casa de Obede Edom poderia estar abençoando a casa de Davi, não é mesmo?

 

 

Autora do livro "Escolhida para o Altar". Faço a obra de Deus no Altar por 20 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.


Comments (28)
  • Avatar

    Catia Apr 11 2013 - 9:10 am Reply

    A arca hoje representa a presença de Deus, e eu tenho que a carregar onde for, sem nunca perder a santidade.
    Nunca devemos perder o temor pois isso é que nos faz ficar corriqueira.

    • Avatar

      valdeci assis silva pedra Apr 13 2013 - 11:22 am Reply

      A ARCA HOJE EM DIA REPRESENTA A PRESENÇA DE DEUS EM NOSSA CASA, NUNCA DEVEMOS PERDER COM O NOSSO DEUS È O QUE NOS FAZ FICAR DE PÈ. VALDECI ASSIS SILVA PEDRA -UNIVERSAL – SALVADOR- LIBERDADE.

  • Avatar

    Joana Timóteo Apr 11 2013 - 11:38 am Reply

    Sem dúvida que isso é algo muito importante! Sou obreira vai fazer 4 meses e tudo o que tenho aprendido aqui é muito importante para mim. Vou tomar em consideração o que li aqui e ter sempre respeito e zelo para com as coisas de Deus!

  • Avatar

    Eliene Maria Apr 11 2013 - 2:27 pm Reply

    Temos que ter sempre o temor para com as coisas de Deus e o zelo .

  • Avatar

    Alcineide Sousa Apr 11 2013 - 3:16 pm Reply

    Devemos ter mais zelo e valorizamos o que Deus tem confiado em nossas mãos.

  • Avatar

    Sy Santos Apr 11 2013 - 6:37 pm Reply

    Este assunto é muito sério, e infelizmente existem pessoas que não só se famializaram tanto com as coisas de Deus a ponto de tratarem-na de qualquer jeito, como também se familiarizaram tanto com os pastores que os tratam de qualquer maneira, não existe mais o temor de quando chegaram à igreja, tratam com desrespeito, porque muitos tem os vistos como homens comuns e na verdade são arcas sagradas usadas por Deus para abençar-nos.

  • Avatar

    Claudia M Fritz Apr 11 2013 - 8:03 pm Reply

    Boa noite. É verdade mesmo, infelizmente com o passar do tempo perdemos o temor e nos deixamos levar pelo “trivial”, como se fosse corriqueiro colar um envelope ou encher cálices de suco, elementos que vão abençoar a muitos. Eu mesma preciso me atentar mais nisso.
    Obrigada

  • Avatar

    aline rodrigues Apr 12 2013 - 10:36 am Reply

    Dona Tânia, sou obreira a 11 anos e ainda me lembro a primeira vez que subi no ALTAR DE DEUS para limpá-lo, foi tão especial, tão lindo…Ainda abaixo a minha cabeça quando levanto o cálice do SANGUE DE CRISTO e o CORPO DE CRISTO no momento da SANTA CEIA, pois sei que nem digna sou de pegar com minhas mãos em algo tão santo. Ainda fico em silêncio nos momentos que antecedem o de servir a SANTA CEIA, pois só eu sei o que ela significou pra mim…e ainda significa. Ainda me arrumo com o MELHOR…ainda insisto em ver as coisas de DEUS com os OLHOS DE DEUS…pois sei que isso O agrada. Sorrio, sempre enquanto dou um envelope, pois há felicidade em meu coração, pois aquele envelope é uma oportunidade de MUDANÇA DE VIDA pra aquela pessoa que o pegou, se houver nela fidelidade…Deus me ajude, e que sempre tenhamos direções como estas do texto acima para nos guiar e nos mostrar o que fazer…e seguir no caminho correto.

  • Avatar

    Bruno Apr 12 2013 - 10:38 am Reply

    É Verdade.
    Não podemos perder o temor.
    O Tempo passa e esquecemos dos princípios Santos (não religiosos).
    Temos que ser como o Vinho quanto mais tempo, mais forte e de qualidade ficamos (para Deus).

  • Avatar

    Débora Apr 12 2013 - 12:43 pm Reply

    Oh como isso é verdade!
    As pessoas sentam no batisterio,no altar como se fossem bancos :(
    Devemos voltar as primeiras obras!Pois nelas aprendemos a cuidar com temor e tremor das coisas de Deus!

  • Avatar

    Renata Apr 12 2013 - 8:48 pm Reply

    Isso é a mais Pura verdade Dn. Tania
    Estou na obra vai fazer 2 anos agora em Junho, e estou seguindo fielmente a serie Obreiras em foco!
    E muito Triste ver que hoje em dia as Coisas santas da Igreja são tratadas como coisas Naturais!

  • Avatar

    Alessandra Apr 12 2013 - 11:20 pm Reply

    Obrigada Senhora Tania, realmente e infelizmente agente se acostuma…..vou meditar muito sobre isso!

  • Avatar

    Ester Thalita Apr 13 2013 - 3:36 pm Reply

    É a mais Pura verdade Dona Tania.
    Depois de um tempo, as coisas Espirituais se torna Natural,Para aqueles que se acomoda na Fé, São oraçoes da boca pra fora, torna-se automático tudo que faz! Por Isso Que Muitos Cai na Fé,Perde o Termos, o Primeiro amor, tem mau olhos a obra de Deus (…).
    Mas aquele que se renova, na presença de Deus, e preucura fazer o melhor para Deus, isso Numca vai acontecer.

    Dona Tania Muito Obrigada Por nos alertar nos pequenos Detalhes que no dia a dia nos não reparamos.

  • Avatar

    Gabriela Apr 13 2013 - 8:20 pm Reply

    É um otimo exemplo, o que ocorreu com Davi e Obede. Devemos cuidar para que sempre o temor e amor as coisas de Deus permaneçam puros. Peço sempre a Deus para que a pureza com que olhei para obra de Deus permaneça assim como no primeiro dia que servi ao Senhor Jesus.

  • Avatar

    Milene Apr 14 2013 - 7:05 pm Reply

    E as histórias se repete mas com outros personagens!
    Mas graças o bom Deus que hoje temos o Espirito Santo,para nós mostra,guia,conveverter e trazer o arrependimento.

  • Avatar

    Vanessa Knorst Apr 15 2013 - 10:41 am Reply

    olá D. Tânia

    É o nosso primeiro amor, quando as coisas nos são puras, quando damos o nosso melhor e temos temor com as coisas do nosso Deus. Precisamos guardar esse primeiro amor dia a dia, pois Deus não muda nem a sua santidade, nós é que mudamos!

    beijos

  • Avatar

    Edvania Sponton - Santa Fé do Sul -SP Apr 15 2013 - 11:14 am Reply

    O tempo é o maior inimigo da fé, se não vigiarmos para manter as primeiras obras, os bons olhos, acabamos nos tornando comuns, sem diferença nenhuma dos que não servem a Deus. Fazer bem e fazer de novo é o normal, agora fazer bem, fazer de novo só que cada vez melhor, isso é só para quem tem fé.

  • Avatar

    Fabrícia Nunes Apr 16 2013 - 7:13 am Reply

    Bom dia, d. Tânia.
    Se não vigiarmos isso acontece mesmo com o passar do tempo. Um dia desses estava trabalhando em uma reunião e comecei a pensar sobre isso: não podemos nunca considerar as coisas de Deus como coisas normais e nem as pessoas ungidas por Ele. É isso que o Senhor Jesus considera como primeiro amor. Muitos têm se preocupado muito com o que fazem e deixam de se preocupar com o que são. Então fazem a Obra de Deus mecanicamente e se acham no direito de criticar as pessoas e as coisas de Deus. Não podemos esquecer dos princípios básicos do cristianismo, pois senão seremos como qualquer pessoa.

  • Avatar

    fernanda Apr 16 2013 - 12:58 pm Reply

    temos que nós espelhar em relatos assim para que jamais viemos a esmurecer mais permanecermos firme e sempre agradando a DEUS para que jamais a sua presença venha se distanciar de nós.Por isso que temos que ter bom olhos para as coisas de DEUS e com a obra dele esta obra a qual fasemos parte temos que vigiar constantemente para que nunca deixemos esfriar o primeiro amor

  • Avatar

    Paty Nossig Apr 16 2013 - 4:25 pm Reply

    D. Tânia, um servo nunca deve perder o temor nas coisas de Deus, precisamos manter esta chama sempre acesa para podermos ter a presença do Senhor!

  • Avatar

    Mary Pinheiro Apr 16 2013 - 5:08 pm Reply

    Boa noite dona Tânia, não sou obreira ainda, mas esses posts tem me ajudado muito na minha vida espiritual. Obrigada e vou continuar sempre acompanhando seu blog. Deus lhe abençoe e lhe inspire mais e mais a cada dia.

  • Avatar

    Zina Silva Apr 16 2013 - 9:04 pm Reply

    Olá Dona Tania,
    é muito forte essa passagem, as vezes lemos e não entendemos dessa forma, com o passar do tempo de tanto lidar com as coisas da igreja, não à vemos mais com santidade de quando ainda nem éramos obreiros, ou pastores, mas deixamos o TEMPO nos fazer ver tudo como natural, como se estivéssemos fazendo os trabalhos domésticos, e não é assim. O que fazemos na obra de Deus, é Pra DEUS, tem que ser no Espírito, com santidade e temor, é assim que somos abençoados, não por fazer, mas por fazer em santidade e temor.

    Deus abençoe!

  • Avatar

    Ana Fabiula Apr 17 2013 - 10:12 am Reply

    sem duvida nao podemos deixa que o tempo tire dos nossos olhos sa pureza e a santificação da obra de Deus em todos num objeto num envelope, numa folha em branco tudo tem pureza diante de Deus e devemos ter por todos os dias para nao ser mais um no meio da multidao.

  • Avatar

    Eliane Bteim Apr 25 2013 - 7:17 am Reply

    Mais pura verdade , muitos pederão o temor , quando entrei ate mesmo para passar pelo altar na hora da reunião , os causados eram retirados , o temor em falar com os obreiros . me lembro uma vez que uma obreira me deu um abraço , nossa eu não estava acreditado via tanta santidade nela . que nem acreditei que tinha me dado aquele abraço ! hoje vemos muitas coisas mudadas mas , não podemos mudar nossa santidade tem que ser renovada a cada dia para as coisas de Deus.

  • Avatar

    zulier Jun 14 2013 - 2:07 pm Reply

    Muito forte o Senhor ver os mínimos detalhes , aqueles que achamos que é bobagem..

  • Avatar

    Liliane Santana Jun 24 2013 - 6:20 pm Reply

    Não podemos nos familiarizar com as coisas sagradas, realmente, temos que ter muito temor até mesmo para limpar a casa de Deus, ter olhos espirituais para com tudo, pois tudo é para nosso Deus.

  • Avatar

    Débora de leme Oct 22 2014 - 12:44 pm Reply

    Muito forte, muitas vezes , deixamos o tempo, tornar as coisas santas em comuns aos nossos olhos.Devo me analisar e resgatar os princípios que aprendi quando conheci Jesus.

  • Avatar

    Marítsia Oct 28 2014 - 9:07 pm Reply

    Nunca devemos perder o primeiro amor a prática das primeiras obras, o temor as coisas de Deus, devemos estar vigilantes não deixando que com o passar do tempo tudo se torne normal aos nossos olhos, já ouvi algumas pessoas dizerem ah a igreja mudou, não é mais mesma, porém a igreja somos nós e se mudou é porque em algum aspecto temos deixado a desejar, então analisemos a nossa vida com Deus.

Leave a reply

Name (required)

Website