O que te atrapalha mais? “Complexos”

Tania Rubim

O que te atrapalha mais? “Complexos”

Como prometi semana passada no post “O que te atrapalha mais”, hoje vou falar dos complexos e de como os venci.
Bom, eu era uma criança normal e feliz, sempre fui magra mas não reparava nisso, minha mãe me arrumava como melhor lhe parecia e eu sempre achava que estava linda, rsrsrs, não tinha problemas com a minha aparência.

Até que fiquei adolescente, nessa fase comecei a comparar meu corpo com o das meninas da minha idade e foi quando iniciei meu processo de busca de defeitos!

O corpo delas se desenvolvia mais do que o meu, eu não tinha nenhum defeito físico, apenas era magra, mas a partir desse momento eu comecei a me olhar com maus olhos e achar que era feia e menos desenvolvida, não entendia porquê.

Tinha vergonha das minhas pernas finas, não gostava de usar saia ou shorts, achava os meus ossos da clavícula muito espichados, então não usava blusas de alcinha, a partir daí comecei a dar trabalho à minha mãe na hora das compras, o que no passado era um prazer virou um pesadelo, corria todas as lojas e achava que nenhuma roupa me ficava bem, e olhem meninas que eu fazia a minha mãe caminhar, kkkkk tadinha!

Eu até tinha roupas mais bonitas que minhas amigas, mas isso não me alegrava, eu queria ter o corpo que elas tinham.

Não me cansava de buscar defeitos, até o que as pessoas elogiavam em mim eu achava feio, as pessoas sempre diziam “que olhos lindos, tão grandes e expressivos” e eu pensava , “detesto meus olhos esbugalhados”, o diabo destorcia tudo na minha mente. Não adiantava meus familiares falarem o contrario, era como eu pensava e ponto, eles eram os equivocados, pensava que falavam para me agradar, mas que tudo era mentira.

Isso me fazia sentir inferior as demais meninas, não gostava de mim mesma, não me aceitava como era e aí estava o meu grande problema.

Os complexos trouxeram outas coisas como brinde, ficava triste, insegura, as vezes até chorava!

Ao chegar na igreja aos 16 anos, fui escutando os ensinamentos e com o tempo comecei a me olhar de outra maneira.

Na verdade eu comecei a focar mais no meu interior e meu foco não era mais meu corpo.

Quando eu me aceitei, me amei como era, aprendi que não sou uma casca, então deixei de ter maus olhos com minha aparência.

Eu seguia sendo magra, mas já não me comparava com ninguém, aprendi a me valorizar, ser mais confiante.

O que Deus me dava ia tão além de tudo isso, que simplesmente me rejeitava a não me querer, agora tudo tinha um novo sentido, eu era feliz no meu interior.

E assim venci meus complexos da adolescência, quando parei de me comparar, aprendi a me amar e me resolvi no meu interior! Você também pode, não importa qual seja seu complexo.

E você amiga, vai tomar essa atitude ou seguir complexada? Estou ansiosa para ler seus comentários.

Na próxima quarta falarei da timidez, se preparem!

Deixo-lhes aqui uma foto de quando era criança, pra vocês rirem um pouco! Eu sou a da esquerda, sem dente, kkkkk

DSCN0527[1]

 

Autora do livro "Escolhida para o Altar". Faço a obra de Deus no Altar por 20 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.


Comments (52)
  • Avatar

    Fernanda Jul 16 2014 - 2:25 am Reply

    Complexo, é uma das coisas que me impdee de ter o batismo com o Espírito Santo. Eu era uma criança normal, até crescer e ver que era mais desenvolvida que as outras. Com esse pensamento, tive anorexia, bulimia e depressão. Escrevo isso, eu choro pois, me lembo como chegou a doer! Cheguei a ficar magra como queria. Logo, meus pais me internaram para eu poder engordar e assim foi, sem nenhum acompanhamento psicológico! Cresci uma adolescente revoltada, rebelde etc. Fui conhecer o mundo, o rock e saí da igreja (sim, cresci detro da igreja e ninguem sabia o que se passava em mim) fiz de tudo para “agredir meu pais” e cresci com isso. Voltei para igreja, mas nao consigo me abrir com nenhuma obreira pois penso que nenhuma delas irá me entender -pois, não passaram o que passei- e vão falar o que a maioria das poucas pessoas com quem me “abro” falam- ah, é só tirar isso de você.. É difícil tirar isso de mim, apesar de todos falarem “você parece uma modelo” “é linda”.. Eu fico calada e faço cara de ok, pois, para mim, parece que estão tirando sarro. Eu não sei como me livrar disso, entregar isso a Ele. Quando penso que entreguei, vem novamente os pensamentos de que sou assim gorda.. Ja saí no fim da busca e fui para o banheiro sem conseguir parar de chorar, pensando nisso. Só achei esse cantinho para desabafar depois de anos, por isso esperei por esse post e li logo que foi plubicado. Só Deus pode me mudar.

    • Avatar

      Tania Rubim Jul 16 2014 - 8:54 am Reply

      Querida Fernanda, siga os conselhos que dou no post, Deus entra na sua vida e tudo isso desaparece, é questão de determinação da sua parte. Aprenda a se amar, você é unica e especial para Deus. Olhe pra você com bons olhos e saiba apreciar a sua beleza, sem nunca esquecer que a verdadeira beleza vem de dentro, dada pelo proprio Deus. Beijos!

  • Avatar

    Emanuelle Jul 16 2014 - 3:00 am Reply

    Bom dia D.Tania!!!Não não,complexos nunca mais.Quando criança eu era super magra,mas com a minha adolescência eu fui criando corpo.Me achava sempre gorda e na escola eu olhava para as meninas magras e altas e queria ser como elas.Eu não tenho mais esse complexo de me achar gorda,mas não gosto dos meus braços porque são musculosos e também dá minha altura,pois sou baixinha.Mas eu posso e devo me amar sim desse jeitinho que sou:baixinha rsrsrs.Esse post me ajudou e com ele a partir de agora terei outros olhos comigo.
    A senhora tá linda na foto.Sempre foi e sempre será!!!Beijinhos!!!

  • Avatar

    Ana Francyelle Parente Jul 16 2014 - 6:03 am Reply

    Dona Tânia é incrível o quanto isso é comum entre as jovens , tive varias amigas e já atendi muitas jovens até mesmo que foram criadas na igreja , mas que tinham esse problema, se distorciam , eu mesmo assim como a senhora ,enfrentei problemas terríveis quanto a isso , tive anorexia , com isso vieram vários problemas de saúde , mas quando cheguei a igreja , também com 16 anos rsrs, aprendi a colocar minha auto estima em Deus , e sempre que me olhava no espelho , procurava me ver como Deus me via .. Isso por que usei a logica e parei de comparar , de tentar me avaliar , mas sim ver o quanto sou especial para Deus , pois se não fosse assim Ele não haveria me escolhido .. Hoje sei que as divergências entre mim e outras pessoas se dá pelo fato de que somos especiais ao nosso modo , tendo cada uma a sua marca , seu jeito , o próprio Deus nos fez assim Únicas , bonitas aos olhos dEle , de personalidade encantadora , e todas nos somos assim e só procurar no lugar certo , Dentro de você tendo com aliado , O Espirito Santo .

    Bjinhos..

  • Avatar

    Denise Pereira Gomes Jul 16 2014 - 6:27 am Reply

    Bom dia dna; Tania.
    Este post me ajudou muito e de agora em diante irei lutar com maior viemencia, contra esta forma de me ver e para de me auto criticar.

  • Avatar

    Laudecy Jul 16 2014 - 6:46 am Reply

    A Sra e linda dona Tânia eu tinha complexo com minha altura por eu ser baixinha e gordinha mais eu vencíei bjus

  • Avatar

    Midian Lima Jul 16 2014 - 6:55 am Reply

    kkkkkk ta muito fofinha D. Tânia

  • Avatar

    Mayrah Jul 16 2014 - 6:57 am Reply

    Hihihi, que fofinha Dona Tania.. *–*

    gostei do post, bjbj

  • Avatar

    Jarlenys Dias- Portugal Jul 16 2014 - 7:04 am Reply

    Olá, querida Dª Tânia!

    Eu também sofri muito complexos ate cheguei a igreja. Eu não gostava do meu rosto por ser rechonchudo de mais, os olhos rasgados parecidos como os de chines, lábios grossos. Sou da raça negra mais clara mas mesmo assim não gostava o tom da minha pele pois tem tendência de ficar com mancha na minha pele desde na face do rosto até bumbum. Eu faço questão de não expor o meu corpo vestido de biquini para praia por causa dos tons irregulares. Não gostava do meu corpo por ter curvas demais e tambem bumbum grande. Eu tambem sofri horas as horas nas lojas de roupas. kkkkkk Saia de lá de mãos vazias sem sacos de compras e ficava frustrada. A partir dai nunca mais gostei de fazer compras. Não gostei de usar o vestido justo e nem saia justa por evidenciar demais as minhas curvas. A minha mãe, as minhas irmãs, primas e amigas ficavam chatear me como: “Es muito parva! o teu corpo é bonito; devias ficar orgulhosa do seu corpo pois tambem quero assim como teu: tu es jovem e devia aproveitar o que está na moda: veste como eu.” Enfim, são tantas coisas. Ainda estou vencer esse complexos. Pois o vazio que tenho é muito grande. Não tenho ânimo para me arranjar apesar de ter jeito para moda. Sou formada em design de moda.

    Me perdoe se excedi demais o texto

    Obrigada por partilhar a sua história de superação dos complexos.

    Que Deus a abençoe muito maus para tambem nos abençoar com seu testemunho.
    Um beiho especial para ti.

  • Avatar

    Cristina Jul 16 2014 - 7:21 am Reply

    Bom dia D. Tânia.
    Durante a minha adolescência, fiquei tão magrinha que chegavam a dizer que eu estava com uma doença grave. Me sentia muito complexada mas tudo passou.
    Um grande abraço.

  • Avatar

    Fátima Barreto Jul 16 2014 - 7:31 am Reply

    D. Tânia … verdades há em suas palavras!
    Eu também já fui cheia de complexos, com sentimento de inferioridade,pois era gordinha,tinha espinhas…nossa…que tristeza, nem conseguia me olhar no espelho direito.
    Antes de ter um encontro com Deus, eu vivia em busca do corpo perfeito.Pura ilusão!
    Hoje vivo bem comigo mesma e quando vejo que já estou começando a ganhar algumas gordurinhas,isso para mim ,não me entristece mais, pelo contrário,tomo logo atitude p emagrecer. Invisto no meu interior , na minha comunhão com Deus,na minha vida espiritual.
    E essa sim tem que está linda para o meu Jesus,para recebimento da Coroa da Vida que Ele nos promete.

  • Avatar

    Erika Matsumura Jul 16 2014 - 8:07 am Reply

    Olá, Dona Tânia Rubim!
    Eu vou tomar uma atitude de fé e não ser mais complexada!
    Quero mudar a minha mente e o meu coração pois serei mais feliz!
    E creio que vou vencer!
    Obrigada, pelos post!

  • Avatar

    Andressa Nunesa Jul 16 2014 - 8:27 am Reply

    Agente só enxerga o verdadeiro valor que temos quando paramos de nos comparar com as demais. Deus nos fez única. Quando eu estava lendo a história da senhora parecia que eu estava lendo a minha própria, rsrsrs tenho 15 anos e já fui cheia de complexos, hoje eu luto para evita-los. Muito bacana a mensagem de hoje! Deus abençoe, até quarta – que chegue logo rsrsrs

  • Avatar

    Bia Jul 16 2014 - 8:45 am Reply

    Olá Dona Tânia!

    Eu tinha exatamente o mesmo complexo por causa do meu corpo e dos meus olhos grandes. Algumas pessoas diziam que era olho de peixe morto. Tem uma fase da minha vida que foi dos 11 aos 14 anos em que simplesmente detestava tirar fotos, porque não me achava fotogênica. Tentava imitar as meninas da escola. Já que minha aparência não contribuía, eu apostava em ser engraçada, fazer as pessoas rirem e tentar conquistá-las sendo a “palhaça” da turma, mas no final sempre ficava sobrando. Sempre fui magra e baixinha, não gostava até do meu pé.. Até o dia em que Deus me fez ver o que me diminuia, o quanto precisava cuidar do meu interior porque era vazia, e tentava me preencher com minha aparência. Quando mudei, tudo mudou! Meus olhos hoje são outros. Óbvio que isso não foi mágica, foi com o tempo e exigiu esforço da minha parte, mas valeu a pena. Lembro do dia em que assisti uma das primeiras palestras da Mulher V e saí dalii decidida a ser essa mulher, diferente, única e especial. Hoje me amo como Deus me fez e assim sou feliz.

    Obrigada por suas sábias palavras, Deus a abençoe :)

  • Avatar

    Liz Jul 16 2014 - 9:34 am Reply

    Também cresci exatamente assim, cheio de vergonha por ser magra demais. Minha mãe também cuidava muito bem da minha aparência e me elogiava sempre, mas eu seguia tímida e envergonhada. Venci meus complexos quando Deus me disse para não nunca mais andar cabisbaixa!!!

  • Avatar

    caroline Jul 16 2014 - 9:53 am Reply

    kkkk com certeza vou tomar essa atitudes pois sou sim complexada mais lendo esse post que acheu bem interessante me ajudou muito vou fazer isso e nao posso espera pelo proximo post a timidez e com devido respeito a foto da senhora ta muito engraçada kkkkkkkkk um abraço

  • Avatar

    Rubia Almeida Jul 16 2014 - 10:11 am Reply

    Olâ Dn tânia tbm tinha muitos complexos com meu corpo e evitava ussar algumas roupas me sentia triste e inferior mas quando comecei me aceitar como sou pude ver como tinha maus olhos comigo mesma hoje sou feliz do jeito que sou rsrs bjuss

  • Avatar

    milene Jul 16 2014 - 10:32 am Reply

    oiii dona td bwm com a sr?
    bom isso acomtece com migome acho feia fl q sou gorda é minha mãe me reprende mt falando “é mesmo vc e gorda tadinha ” agora nem ligo muito .
    kkk na verdade ñ sou gorda meu corpo é bom pra mim + eu me vejo assim kk um bjss pra sr

  • Avatar

    Maria tulia rito Jul 16 2014 - 5:10 pm Reply

    Muito bonita Dona Tânia. Deus a abençoe. bjs.

  • Avatar

    raquel Jul 16 2014 - 5:11 pm Reply

    oi dona Tania sou gordinha e estatura mediana tenho complexo com meu corpo e com minhas roupas não me visto bem tenho 40 anos e dois filhos e gostaria de me vestir como uma senhora que mas ao invés disso me visto como um adolescente e jeans e camisetões largos para aparentar ser mais magra ao invés disso me sinto pior a cada dia mas seu post me ajudou muito vou buscar Deus em primeiro lugar e depois o meu corpo que é templo do Espirito Santo obrigado

    • Avatar

      Tania Rubim Jul 16 2014 - 11:33 pm Reply

      Raquel, veja na categoria Estilo aqui no blog, dá varias dicas de roupas para cada tipo de corpo. Você não precisa usar so camiseta e jeans, apenas precisa aprender que tipo de roupas e cortes a favorece mais. Beijos

  • Avatar

    Marcia Jul 16 2014 - 7:09 pm Reply

    Muito bom post. Me ajudou bastante. Aprendi que não devo nunca me olhar com maus olhos e era o que sempre acontecia. Bjs. Estou na Fé

  • Avatar

    Adriana Jul 17 2014 - 12:10 am Reply

    Ola Dona Tânia !! Obrigado pelo post , entendi que não devemos olhar para o exterior porque o que realmente faz a diferença e como estamos por dentro .

  • Avatar

    Thaina Jul 17 2014 - 7:09 am Reply

    Olá D.Tânia estou muito feliz por este post o difícil é ter que esperar até a Quarta feira para ler novamente sobre este assunto no blog rs :) estou amando e agradeço a Deus por usar a senhora para nos ajudar…Muito Obrigada beijinhos carinhosos :)

  • Avatar

    Joselene Lima Jul 17 2014 - 9:21 am Reply

    A sra. sempre foi e sempre será bonita. Coisa do diabo mesmo ficar se achando feia. Eu me acho barriguda kkkkk Não tenho tempo para malhar rsrsrsrsrs Os homens que se interessam por mim dizem que eu sou linda, etc. mas sei que tenho que perder o barrigão porque este sim é feio rsrsrsrs Mas o resto, para mim está tudo bem, aprendi a me amar e com tantos elogios que recebo acredito sim que não sou uma mulher feia, apenas barriguda mas que ainda tem jeito de resolver rsrsrsrsrsrs

  • Avatar

    sandra Jul 17 2014 - 3:30 pm Reply

    tambem me sinto inferior devido á minha aparencia , gostaria de mudar um pouco

    • Avatar

      Tania Rubim Jul 17 2014 - 9:26 pm Reply

      Querida Sandra, busque em Deus a mudança total, atraves da fé podemos todas as coisas, se eu venci você irá vencer também. Beijos

  • Avatar

    Jéssica Jul 18 2014 - 4:54 am Reply

    Oie D. Tania,

    Eu passo por isso porque me acho gorda (e sou), tenho uma grande barriga…
    Na minha infância, eu sempre desenvolvi mais do que as outras raparigas pois os meus seios a partir dos 14 anos começaram a crescer muito e eu não gostava, eu preferia não ter, do que ter demasiado, já cheguei a ter atividades do Força jovem e não ir pois achava que todos iam ficar a olhar para mim e para o meu corpo agora tenho 19 e ainda assim acho que os meus seios são enormes…eu estou na igreja(aliás eu nasci na igreja) mas estou firme há cerca de 3 anos, já não sou como eu era antes porque antes eu me achava gorda (e muito), agora já não me acho muito gorda só com apenas uns quilinhos que tenho que perder.. Gostei muito desse Post :)
    Que Deus lhe abençoe cada vez mais :) :)

  • Avatar

    TAYSA Jul 20 2014 - 2:14 pm Reply

    Olá boa tarde tive muitos complexos, de ser negra de ter o quadril largo pernsa grossas,sempre fui magra porém ser negra tem o quadril largo,sempre gostei de pernas finas acho bonito,tinha vergonha do meu cabelo,por ser crespo,chamou de cabelo duro ,reclama que não cresci,me olhava no espelho me achava horrivel pensava que ningém iria me querer por ser negra,sempre quiz ser bem magra pois acho bonito,tive que buscar muito em Deus esta libertação do espirito de inferioridade.

  • Avatar

    cintia Jul 21 2014 - 11:48 am Reply

    Eu me afastei da igreja,mais Deus teve misericórdia de mim e tô aprendendo me amar q tenho meu valor,sem Deus não podemos vencer o complexo.Tenho esperança de dias melhores q é questão de tempo pois vou ter meu reencontro com esse Deus maravilhoso q tem mudado meu interior dia após dia.

  • Avatar

    ANA PRISCILA Jul 21 2014 - 6:06 pm Reply

    OIEE DONA TANIA RUBIM
    TAMBEM ERA MUITO COMPLEXADA POR SER MUITO MAGRA,NEGRA,E TER CABELOS CRESPO
    SEMPRE ME SENTIA INFERIOR….GRAÇAS HA DEUS EU ME LIBERTEI DISSO ESTOU MAIS SEGURA E TENHO TRAMITIDO UMA BELEZA QUE E QUE SOU UM INTERIOR COM ALEGRIA CONSIGO MESMO PODE TRASMITIR….HJ EU ME VEJO LINDAAAAAAAAAA

  • Avatar

    juliana Aug 12 2014 - 6:50 pm Reply

    Oi dona Tania estava lendo seus posts infelismente sou complexada, e tenho medo de falar e agir perto de pessoas pois quando faço isso sempre da errado meu esposo fala que tenho coracao bom re sou muito sincera por isso acontece essas coisas ruins comigo e quando eta pequena ouvi minha mae falar com minha tia dizendo que eu era feia e nunca ia me casar , sempre fui rejeitada quando criança. Agora nao minha. Mae diz que sou linda ja tenho 30 anos sou casada mas minha auto estima e muito baixa vivo doente. Por favor me ajude

    • Avatar

      Tania Rubim Aug 12 2014 - 7:44 pm Reply

      Juliana, você tem que aprender a se amar, se olhar com bons olhos, dessa maneira a sua auto estima vai subir. Busque a Deus para resolver esses problemas interiores e você verá que tudo vai mudar. Beijos!

  • Avatar

    jaqueline Aug 26 2014 - 10:25 am Reply

    ola , vendo esse post da senhora vi que tambem tenho complexos sou baixa e tenho ombros largos me acgho ate desbundada, quando era pequena no colegio todos me chamavam de gorda e faziam piadinhas , hj n mais, esses dias estava eu estava saindo de uma sala e escutei a palavra sapatao ,nao entendi direito mais oque compreendi e q a menina estava me achando com cara disso, nao hora fiquei brava mas depois pensei e vi q talvez eu estava dando motivos entao decidi m vestir mais feminina.

  • Avatar

    tatiana ribeiro dias Sep 5 2014 - 12:19 pm Reply

    nossa você era uma criança linda!!!
    eu também passei muitos complexos mais foi pior, porque eu também me achava linda principalmente por dentro e acreditava que todos também ia me ama pelo que era por dentro.,
    mais descobri que as coisas não era assim, fui muito humilhada pela minha aparência, e também algo que me marcou muito foi o fato de anda com uma menina maravilhosa que as pessoas chamava de monstro, agente era uma das mais feias da escola, quando eu ficava com um menino todos zuava o menino dizendo que ele era louco, tenho muitos complexos e até hoje sonho com essa menina sinto muita saudade dela, fico pensando como pode as pessoas humilha uma pessoa chamando de mostro sem sabe o quando aquela pessoa é especial, também era muito humilhada porque eu tinha muitas espinhas, e era muito magra, não tinha condições de de arruma e não sabia também, andava fora de moda então era muito humilhada quando passava as pessoas riam de mim até hoje quando vejo alguém rindo penso que é de mim.
    quero te um encontro com Deus porque o bispo falou que ele venceu seus complexos quando teve um encontro com Deus.

  • Avatar

    Sara Sep 17 2014 - 4:25 pm Reply

    Boa noite a Senhora era muito fofinha que crianca mais linda <3
    Eu ja tive esse tipo de problemas complexos e era tipo Maria rapaz , mas graças a Deus no Godllywood e na Força Jovem passei por cima disso tudo hoje me valorizo e amo me arrumar e aprendi a dar valor a minha feminilidade .

  • Avatar

    nayara santos Oct 10 2014 - 8:17 am Reply

    Eu tambem era assim por ser magra e alta era muito dificil me aceitar mas qundo Deus entrou tudo mudou agora sou muito feliz por ser magra sou linda do jeito que Deus me fez.

  • Avatar

    clarisse Oct 11 2014 - 12:44 am Reply

    E assim venci meus complexos da adolescência, quando parei de me comparar, aprendi a me amar e me resolvi no meu interior! Você também pode, não importa qual seja seu complexo.
    Se comparer aux autres, excellente recette pour etre triste et malheureuse. Cela arrive aussi pour des talents que nous voulons, je crois que pour s’aimer , il faut prendre le temps de se connaitre, de s’observer soi meme.

  • Avatar

    Edriana Oct 14 2014 - 8:32 pm Reply

    Também venci meus complexos de adolescente quando comecei a me valorizar como pessoa interior, quando o Sr. Jesus me mostrou o quão linda e importante era o meu valor para ele e todos esses complexos desapareceram da minha vida e hoje sou muito feliz, o importante é saber que somos muito mais bonita do que o espelho nos mostra, quando nos amamos.

  • Avatar

    Maria Cordeiro Oct 17 2014 - 6:54 am Reply

    Eu era uma criança frustada tinha complexo de minha pernas com 8 anos de idade o diabo fez eu olhar para minha pernas e parecer muito feia certo dia minhas colegas depois da aula de educação fisica, pegaram me levaram pela rua para eu ver a realidade .mas logo vei as espinha os cravo a separação dos meus Pais tive descepição sentimental tornei mãe na adolecencia o que eu queria para mim não vinha, o que eu não queria vinha historia frustante que me fez complexsada .mais grasça a Deus estou resgatando o alto estima.Deus transforma e tudo Podemos naquele que nos fortalescçe

  • Avatar

    Claydir Oct 17 2014 - 1:49 pm Reply

    É verdade. cada estrela tem seu brilho, né. :)

  • Avatar

    Bruna Bastos Oct 20 2014 - 8:22 pm Reply

    A vida inteira fui complexada, desde que me lembro das minhas atitudes quando ainda jovenzinha, cheguei a ter uma doença que se chama bulemia e anorexia, tudo o que eu comia eu colocava a mão, escova de dente,etc na gargante e forçava vomitar porquê me sentia gorda. Sempre me comparava com as atrizes da televisão, de revistas e queria ser como elas eram (magras). Eu olhava para o espelho e nunca estava satisfeita e o diabo por saber disto ainda enviava seus aliados para me colocar mais para baixo, dizendo que eu estava gorda, sendo que nem gorda eu estava, mas graças a Deus estou curada a 3 anos e hoje já não importo mais com isso, claro…que eu tomo conta da minha alimentação , me cuido, mas não deixo mais isso dominar minha mente. Cada dia que passa aprendo a me valorizar mais e ver como sou linda.

  • Avatar

    Rose Oct 22 2014 - 4:48 am Reply

    Complexo tive a minha vida toda até entrar na minha cabeça a importância do meu interior.
    Na infância era o complexo da magreza braços e pernas finas cabelo cheio e etc.
    Depois de casada apos a primeira gestação obesidade mórbida a vergonha e discriminação das pessoas acabava com a minha auto estima.
    Depois da bariátrica veio excesso de pele outro complexo, mas a mais ou menos um ano entendi que eu tenho que gostar do meu corpo que não existe corpo perfeito eu posso mudar ele com minha alimentação e exercícios e o mais importante é meu interior e não o meu exterior para Deus.

  • Avatar

    laysa Oct 22 2014 - 10:19 am Reply

    verdade D Tania,antes eu eraassim cheia de complexo me achava muito feia mais quando aprendi que tem um valor pra Deus e que nao devo me comparar a ninguem e com certeza meu interior estav belo em primeiro lugar.

  • Avatar

    Raquel Santiago Oct 24 2014 - 5:30 pm Reply

    Eu decidi me amar hoje em dia, mas antes eu sofria muito com os complexos que me rondavam, chorei muito e até queria morrer por conta disso, eu sempre fui gordinha, mas mesmo assim sempre ouvi elogios sobre minha aparência e tinha o pensamento de que todos só queriam me agradar. Agora vivo sorrindo e alegre comigo mesma, amo acordar pela manhã e me olhar no espelho sabendo que sou a imagem e semelhança do meu Deus, e o principal saber que hoje posso ajudar quem sofre com o mesmo problema a vencer este obstáculos.

  • Avatar

    Elisabete Oct 26 2014 - 10:14 am Reply

    Que maravilhoso ouvir isso, realmente ajuda muito a pensar e refletir que hoje sou diferente ,em pensar que eu era também complexida comigo mesmo ja cheguei ate chorar, eu me diminuia muito , e com isso eu me sentia mal, feia envergonhada. Mas hoje tudo mudou graças a Deus.

  • Avatar

    Bruna Vieira Celegatto Oct 27 2014 - 7:36 pm Reply

    O complexo é como uma cadeia, ele aprisiona as pessoas dentro de si mesmas, muitas vezes acaba acarretando mais problemas sérios como a bulimia, a depressão e as vezes até faz com que as pessoas tentem suicídio, o complexo é uma ferramenta do diabo para destruir a auto estima do ser humano.
    Porém quando a pessoa muda o seu foco para o Sr. Jesus ele abre os seus olhos e a faz enxergar a sua beleza interior e quando se está bem por dentro essa beleza se refletirá por fora.

  • Avatar

    Ana Oct 31 2014 - 2:32 pm Reply

    Complexos são como bolas de ferro acorrentadas em nosso pé que nos prende ao passado

  • Avatar

    Regiane Costa Nov 1 2014 - 12:40 pm Reply

    Muitas vezes, como o diabo fica colocando pensamentos negativos em nossa mente, e atraves de disso ficava me comparado com outras pessoas, a mais fulana é mais bonita do que eu e eu nunca vou ser assim, ela é magra e eu não. Mas ai vem a voz de Deus e fla que me escolheu como eu sou, que sou linda e não importa o que digam ou o que pensam, tenho algo que ninguem desse mundão ai tem, sou Feliz, tenho DEUS dentro de mim.

  • Avatar

    Elaine Vitória Nov 7 2014 - 8:27 pm Reply

    Sempre tive complexos , mas no meu caso foram diferentes … Sempre me senti inferior as pessoas , pelos comentários de tal , por sempre me chamarem de feia e etc , sofri bullying por longos anos da minha vida , e no pior momento da minha vida onde tive paralisia facial foi quando mais falavam mal de mim , então levei isso pra minha vida … Até certo ponto isso mudou , mas afetou na minha vida com Deus , nas evangelizações isso tbm me prejudicou por muito tempo , hoje eu procuro a cada dia eliminá-la pois não é algo fácil , mas eu creio que elas cessarão assim como muitas coisas pelas quais eu me identifico pelos posts .

  • Avatar

    Raquel Dec 6 2014 - 5:29 pm Reply

    Eu tenho muitos complexos com meu corpo, emagreci e engordei varias vezes e isso provocou muitas estrias. Isso mexe muito com a minha auto-estima, sei que existem procedimentos que podem me fazer melhorar, mas ainda assim, tenho orado nesse sentido , sei que Deus vai me dar uma direção.

  • Avatar

    Vanessa Brito Jun 29 2015 - 11:18 pm Reply

    Mds. Tudo que a senhora falou ai se compara a mim eu tenho complexo eu sou muito magrinha e tenho 17 anos mim sinto a pior de todas a mas feia parece q nunca vou arranjar alguém quando ando na rua parece que o mundo todo ta olhando pra mim , as vezes da até vontade de ficar em casa s ir pro colegio as pessoas sempre dizem a msm coisa q sempre diziam com a senhora vc é linda vx tem valor e nada adianta parece algoas forte do que eu isso é um monstro q mim persegue :(

Leave a reply

Name (required)

Website