Minha história 11 – “Eu não queria ser obreira”

Tania Rubim

Minha história 11 – “Eu não queria ser obreira”

Eu sempre ia na igreja com a minha mãe, irmã e namorado. Já tínhamos quase um ano frequentando, mas eu sempre dizia que não queria ser obreira. Eu estudava e pensava que se ajudasse como obreira eu precisaria de muita disponibilidade de tempo e não poderia cumprir com meus estudos.

Tampouco participava de nenhum grupo na igreja, nem grupo jovem, nem de evangelização.

No entanto passou mais um tempinho e comecei a ter desejo de me envolver mais, eu gostava muito de estar na igreja. Então nas ferias de Verão de 1992 eu me juntei ao grupo de evangelização e íamos falar de Jesus pelas ruas. Eu prestava atenção ao que as obreiras diziam para aprender.

Nós íamos onde estavam as prostitutas falar de Jesus pra elas, também anunciávamos as boas novas aos mendigos e todos que víamos pelas ruas.

Certa vez o pastor me perguntou: “estás firme minha filha como as muralhas de Jericó?” eu nunca tinha escutado falar de muralhas de Jericó, o que seria isso? Mas pensei, se são muralhas devem ser fortes kkkkk então respondi “sim senhor”; o pastor deu uma risada e saiu kkkkk. Depois quando li sobre as muralhas de Jericó que Deus havia derrubado para seu povo passar e conquistar a terra prometida, me senti tão envergonhada pela resposta que dei, rsrsr, mas não havia mais nada a fazer. Agora é motivo de piada, até escrevendo sobre isso não posso conter a risada, mas não naquela época.

É triste quando não conhecemos a Palavra, fico pensando nas milhares de pessoas que vivem enganadas por não terem o conhecimento da Verdade! Por isso a importância de anunciarmos o mais que pudermos.

Tudo estava indo bem, no entanto algo importante e imprescindível me faltava, falarei disso no próximo post.

E você já cometeu alguma gafe por não conhecer a Palavra de Deus, já passou alguma vergonha como eu? Compartilhe conosco!

Leia aqui os posts anteriores.

 

 

 

Autora do livro "Escolhida para o Altar". Faço a obra de Deus no Altar por 20 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.


Comments (4)
  • Avatar

    Paloma Gonçalves Sep 14 2017 - 10:17 am Reply

    Olá dona Tânia, já passei algo parecido, mas foi com aquela expressão que sempre usam : “Você é o Anjo que caiu do céu”- Quem caiu do céu foi o diabo! Com isso fiquei super triste, e desde então comecei a prestar bastante atenção na palavra de Deus.

  • Avatar

    Monica Araujo Sep 14 2017 - 11:00 am Reply

    kkkkk já …novinha de obreira já o Pr me perguntou no meio do culto das 15:00 numa quarta-feira quem eram os amigos de Daniel, eu até sabia mais travei na hora de nervoso kkkk o povo deu risada!!!,

  • Avatar

    Fernanda Sep 15 2017 - 12:16 pm Reply

    Ola dona Tânia uma vez uma evangelista nos perguntou porque os peixes não entraram na arca de Noé e eu e os outros ficamos pensando o porque, rsrsrs até que caímos nna real que não precisavam entrar na arca rsrsrsrs

  • Avatar

    Viviany Sep 28 2017 - 9:44 am Reply

    Uma situação que aconteceu comigo era que o pastor sempre falava assim “E aí, guerreira?” e, como eu pensava “Bom, se ele está falando assim, vou responder da mesma forma”. E eu falava “E aí, rs…”
    Uma amiga me chamou a atenção, de forma carinhosa, que eu deveria responder “Sim, senhor, pastor.” Não fiquei brava, nem envergonhada, e aceitei bem o toque dela.

Leave a reply

Name (required)

Website