Minha história 1: “Criando raízes”

Tania Rubim

Minha história 1: “Criando raízes”

Olá queridas, hoje vou então dar inicio à minha história! Vou falar um pouco de minha infância para você compreender situações que vivi mais lá na frente. Lembrem-se que não estava na igreja ainda, isso só aconteceu aos meus 16 anos.

Eu me lembro que era uma criança feliz, tinha uma família que me amava e me cuidava muito bem, tinha amigas e não me faltava nada, tudo parecia estar em ordem. Eu era uma criança normal que sorria, brincava bastante, me sentia amada e protegida.

No entanto nem tudo era um mar de rosas. Meus pais tinham alguns problemas no casamento e isso me afetava, eu não gostava de vê-los chateados. Isso me trazia insegurança, medo de que se separassem, na verdade só de pensar nessa possibilidade eu ficava aterrorizada, não podia imaginar viver sem um dos dois.

Quando entrei na fase da adolescência, compreendendo mais as coisas e o mundo, eu me via uma menina tímida, com medo de me expressar diante de desconhecidos e insegura.

Parece que aqueles problemas tinham me afetado mais do que eu poderia imaginar, na verdade eles começaram a influenciar a maneira como me sentia e o meu comportamento. Eu procurava ser uma menina obediente, era estudiosa, nunca dei trabalho para os meus pais.

Comecei a ter uma postura de “apaziguadora”, se eles brigavam eu tentava intervir, acalmar os ânimos, manter a paz.

Sempre fiz de tudo para ajudar a minha mãe, até mesmo nos afazeres de casa, eu não queria vê-la triste, no que dependesse de mim ela não o seria. Penso que no meu subconsciente tentava compensá-la.

Hoje sei que minhas inseguranças e medos que duraram até eu conhecer o Senhor Jesus resultaram dessa situação. Sem saber, eu estava criando raízes!

Me recordo que os meses de verão quando íamos de férias eram os meus preferidos, não sei porquê mas durante esse tempo as coisas melhoravam entre eles, pareciam mais felizes. Era tudo que eu queria! Assim a diversão era com força, kkk meu coração ficava mais sossegado e me sentia mais segura.

Eu não sabia lidar com os problemas, nenhuma criança sabe, ela apenas tenta se adaptar.

Mas algo estava prestes a acontecer dentro de mim que agravaria a situação, era como uma nuvem negra pairando sobre mim! A adolescência não chegou sozinha!

Falarei disso no próximo post!

Algumas fotos de minha infância:

Eu com dois ou três aninhos!

IMG_7533

Eu (à esquerda) com cinco ou seis anos e minha irmã Cátia (à direita) com três ou quatro anos! Não lembro mais!

DSCN05271

Eu com uns sete aninhos com minha blusa do Topo Gigio, eu amava ele kkk!

IMG_7534 

 

 

 

 

 

Autora do livro "Escolhida para o Altar". Faço a obra de Deus no Altar por 20 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.


Comments (11)
  • Avatar

    tay Aug 10 2017 - 6:00 am Reply

    Acompanhando a historia. bjos

  • Avatar

    Dani Aug 10 2017 - 10:37 am Reply

    Amo essas histórias, me faz pensar, refletir e me leva a amadurecer. Deus a abençoe. Bjs!!

  • Avatar

    Thamires Aug 10 2017 - 2:28 pm Reply

    Esperando a Proxima parte rsrs

  • Avatar

    Nayane Aug 10 2017 - 2:44 pm Reply

    A espera para do próximo post, minha historia na infância é parecida, minhas raízes foram criadas pela separação dos meus pais e me deixou uma pessoa cheia de complexos eu tbm tentava ser a “perfeitinha” para compensar todo tempo q minha mãe teve que trabalhar dia e noite para me criar…

  • Avatar

    Joseane Aug 10 2017 - 4:30 pm Reply

    Acompanharei com certeza, e creio que de certa forma posso tirar boas lições❤

  • Avatar

    Joseane Aug 10 2017 - 4:30 pm Reply

    Acompanharei com certeza, e creio que de certa forma posso tirar boas lições❤

  • Avatar

    Lucina Aug 10 2017 - 4:50 pm Reply

    Olá Dona Tânia, vou continuar a acompanhar a história de vida da senhora, e tirarei grandes lições.

  • Avatar

    Priscila Aug 11 2017 - 1:13 pm Reply

    Acompanhando aqui , e tenho certeza que iremos aprender muito , ainda mais quando chegar na parte do seu chamado para o Altar !

  • Avatar

    Brenda Aug 11 2017 - 7:12 pm Reply

    Amei o post, “Criando Raízes”

  • Avatar

    Fernanda Santos Aug 14 2017 - 5:02 pm Reply

    Minha infância também gerou inseguranças em mim Dona Tânia, no meu caso minha mãe e meu pai brigavam muito, ele bebia muito e deixava faltar alimentos em casa muita das vezes por conta do vício, só não passamos fome porque minha mãe cobrava ele até conseguir dinheiro para a comida.
    Eu me tornei uma adolescente rebelde para o lado do meu pai, por conta de ver como ele tratava minha mãe com palavras baixas …
    Hoje, graças a Deus, fui curada dos traumas do passado. E só Deus que pode nos ajudar, graças à Ele não sou mais insegura e tenho aprendido cada dia mais a ser agradável à Ele …
    Continuarei à acompanhar

  • Avatar

    Carol b Aug 15 2017 - 10:04 am Reply

    Acompanharei pois adoro aprender com biografia das pessoas!ajudam imenso e aprender se muito!era muito fofinha em crianca é a sua mana tb!

Leave a reply

Name (required)

Website