Mãe, o que você tem priorizado?

Tania Rubim

Mãe, o que você tem priorizado?

Olá queridas tudo bem? Hoje vou abordar algo que quem acompanha os meus posts já tem algum conhecimento do meu testemunho em relação a maternidade, quem não está por dentro vai ter a oportunidade de ficar.

Desde menina eu tinha esse sonho comigo, o sonho da maternidade.
Quando me casei tanto eu como meu esposo desejava-mos muito isso, então passado pouco mais de um ano de estar casada, e depois de falar com meu esposo, pensar-mos ser a altura certa de tomar essa decisão.
Eu estava muito ansiosa afinal era o meu maior sonho, mês após mês para mim era uma guerra misturada com um turbilhão de sentimentos. Mas os meses iam se passando e nada acontecia, procuramos um médico a fim de fazer exames específicos.
Os resultados daqueles exames, demoraram aproximadamente 15 dias devido a serem tão rigorosos, aquele tempo mais pareceu uma eternidade.
E as notícias não foram de todo as melhores, não fazia ideia que havia um problema de infertelidade.
Pois é, muitas das vezes fazemos planos e nos achamos auto suficientes, é quando Deus permite que venha-mos aprender que sem Ele nada somos e nada podemos fazer.
E agora como reagir a tal notícia? Já pensaram  na nossa reação diante de cada deserto, e da nossa atitude é que vai depender o nosso resultado? Pois é mas naquela altura não vi nem reagi assim e paguei caro.
Pois fiquei amargurada, aprendi a reclamar, murmurar, a deixar de crer, a viver triste e sem sonhos e me fazendo de vítima.
Imaginem o que vivi e mal sabia que só estava a prolongar o meu deserto, o meu sofrimento. E esse deserto estava a revelar o que priorizava dentro de mim, o sonho de ser mãe e não o sonho de ser uma com Ele.
Deus queria se revelar para mim, me moldar, me dar uma oportunidade de conserto, pois minha atitude e posição não estava de acordo com aquilo que Ele queria e esperava de mim.
Nesse longo deserto onde fiquei a sós com Ele tive a oportunidade de aprender a ouvi-Lo, e entender que o meu amor por Ele não poderia estar condicionado a nada, dali sai sem filhos, mas mais madura, mais forte, mais espiritual e sobretudo aprendi a amá-Lo por aquilo que Ele representa para mim e não por aquilo que me poderia dar.
Ali Deus pode ter toda a minha atenção, entrega e confiança demorou algum tempo até eu entender isso, porque me focava mais naquilo que eu queria que Deus fizesse do que naquilo que Ele já tinha feito.
Pois é mãe, muita das vezes esquecemos facilmente daquilo que Deus já fez, para nos focar naquilo que não fez, ou melhor que desejaria-mos que fizesse e aí perdemos o foco do mais importante e muita das vezes prolongamos o nosso deserto.
Continua…

Próxima semana vou partilhar o que aconteceu comigo e tudo o que aprendi e vivi com as minhas experiências.
Vai ser muito forte não percam!!
E vou postar uma foto do testemunho vivo.
Deixem aqui os vossos comentários, partilhem e participem aqui, pois é com todo o carinho que partilho a minha vida com todas vocês, e faço gosto que escrevam leio cada comentário, e também aprendo com todas vocês, e muitas das vezes me inspiro nos vossos comentários para os meus posts.

Bjs doces

Meu nome é Cátia Rubim estou casada há 19 anos, com um homem temente a Deus e muito meu amigo. Servimos a Deus no atrio como obreiros. Amo as coisas de Deus e elas fazem parte principal do meu cotidiano, sou uma pessoa expontânea e decidida, tenho um filho fruto de um milagre em nossas vidas. Meu testemunho de vida tem edificado muitas pessoas e servido de inspiração para quem está passando por vales por mim conhecidos. Estou aqui para compartilhar isso com todas vocês.


Comments (9)
  • Avatar

    Vânia Oct 28 2015 - 8:43 am Reply

    Bom dia,

    Muto bom ler seu depoimento Cátia. Para mim serviu como um alerta, pois não é difícil olhar para o que queremos de Deus e deixarmos de ver o quanto Ele já fez.
    Vou acompanhar tudinho viu?

    Na fé!

  • Avatar

    Ana Teresa Oct 28 2015 - 8:58 am Reply

    Irei Acompanhar. Para ver a Glória de Deus na sua e na nossas vidas.

  • Avatar

    elizeth cossengue Oct 28 2015 - 10:53 am Reply

    ola querida!

    gostei da parte que diz nao basta ser de Deus mais sim ser o homem que Deus preparou p nos. na verdade em um tempo buscava Deus para abencoar minha vida sentimental, pois ja tinha sido descepcionada enquanto no mundo. apareceu um homem de Deus que nao era p mim e bem no comeco do relacionamento ja comecou o sofrimento. porque de principio conversamos que se fosse p ter filho seria apenas um. Um dia el briga comigo porcausa deste mesmo assunto e el m diz se quiseres ainda ficar comigo e me amas tens que me dar DOIS filhos pelo menos. hmmm fiquei com o curacao pesado e triste pois que nao era isso que tinhamos acordado no principio, dobrei os joelhos falei p Deus o que sentia no momento. Passado um tempo brigamos outra vez pelo mesmo caso. Mais eu depois pedi desculpas para ele para nao estarmos brigados e ai el me disse assim amadas se essa BRIGA acontecesse um tempo que ja tivessemos casados eu ia pedir a Deus para te MATAR. WOW. Ai eu sabia que tinha que acabar ai no momento e ja. O relacionamento durou apenas 6 meses e ja Deus estava a mostrar p mim o tipo de Homem de Deus se assim posso dizer que nao era para
    mim. Mais hoje estou bem separada dele Gracccccccccccccas a Deus e ja nao aceito mais a ansiedade. Deus me deu escape e nao estou num casamento onde o homem de Deus ira pedir pela minha morte kkkkkkkkkkkkkk. Hoje estou esperando no Senhor pacientemente e sei que o homem de Deus que Ele preparou para mim vai chegar SIM.

    porfavor meninas nao facam o mesmo erro que fiz. estou escrevendo isso para aprenderem com o meu Burro ERRO. Muito obrigada dona Catia voce e uma linda bencao

  • Avatar

    elizeth cossengue Oct 28 2015 - 11:03 am Reply

    Desculpas dona catia.
    Me enganei esse comentario aqui acima com o mesmo nome nao seria para esse poste e mensagem. Mais se ajudar alguem vamos enfrente. ooops.

    I am really so sorry.

  • Avatar

    pamela bertoti Oct 28 2015 - 5:06 pm Reply

    olá vou acompanhar seu testemunho. Acredito que tenho muito a aprender, por ser uma mãe de primeira viagem. É muito bom ter dicas de mães tementes a Deus, pra nos ajudar a criar os nossos filhos no caminho certo.

    Um abraço Pâmela- RS

  • Avatar

    liliane lima Oct 29 2015 - 6:41 am Reply

    Nossa que forte esse post !
    muito forte a aparte em que a senhora fala que se sentiu amargurada. triste aorendeu a murmurrar e se fazia de vitima sendo que aquele deserto que estava passando so se prolongava a cada dia . Entendi que nossos desertos se prolongam ou eles ficam o tempo certo dependendo de nossas reaçoes diante dele! nunca tinha visto dessa forma …muito forte ! Os desertos é uma escola da fé onde ali iremos ser aprovadas ou reprovadas no final de tudo !

    Deus abençoe a Senhora !

  • Avatar

    Vanda Pascoal - Ajuda, Lisboa Oct 29 2015 - 11:15 am Reply

    Olá.

    Estou a passar precisamente pelo mesmo que a sra passou, mas tinha 8 anos de casada quando decidimos ter o nosso bebé. Já passou 1ano e 3 meses desde que decidimos e ainda sem resultados.

    Mas estou na fé de continuar a priorizar a Deus e depois o resto.

    Beijinhos e obrigada.

  • Avatar

    Adriana Oct 29 2015 - 5:50 pm Reply

    Boa noite Cátia.
    Lendo o que você escreveu, fiquei meditando: Nunca devemos amar a Deus pelo o que Ele pode nos proporcionar e sim pelo que Ele é em nossas vidas.
    Esses dias ouvi uma palavra que dizia assim: Se Deus não responder a sua oração, você ora, ora, ora e Ele não responde.
    O que você vai fazer?
    Qual será a sua reação?
    Você vai murmurar ou continuar confiando independente de qualquer situação?
    È nas horas difíceis em que passamos que mais nos conhecemos, ali podemos ter a idéia de como está a nossa comunhão para com Ele, e nessas horas também é que Ele está nos olhando e vendo nossas reações.
    Tenho trazido isso pra minha vida, houve vezes que reagi mal, e outras que me arrependi e reagi bem, por isso hoje estou atenta as minhas reações, porque tudo o que quero é agrada-lo.
    Beijinhos.

  • Avatar

    Tatiane Pio Dec 28 2015 - 8:36 am Reply

    Realmente é muito difícil passarmos por lutas que nem imaginamos, porém o fruto desta passagem é tão intenso, que devemos aceitar a vontade de Deus. Orar e crer que Ele está fazendo sempre o melhor.

Leave a reply

Name (required)

Website