Comentário Polemico – “Você defende o machismo”

Tania Rubim

Comentário Polemico – “Você defende o machismo”

Um tempo atrás recebi um comentário criticando fortemente meu artigo “Coisas que a esposa faz que irrita o marido”, como se fosse uma desvalorização da mulher.
Leia parte do e-mail:
“Estás incitando as mulheres a serem submissas e teus preceitos defendem o machismo e o patriarcado (dois sistemas que são os principais opressores da mulher e que são a causa da discriminação, a violência contra a mulher e a falta de reconhecimento da mulher como sujeita de direito e como ser pensante, livre, independente)… lamento por você, cada uma deve portar-se como quer, somos livres. Conheces acerca do feminismo, da igualdade e da busca da emancipação da mulher…”

Claro que pude me dar conta que essa pessoa não conhece bem o meu blog nem o trabalho que realizamos de apoio às mulheres, como o projeto Raabe, inclusive em Novembro teremos o nosso evento “Rompendo o silencio”, que tem como objetivo a luta contra a violência domestica e qualquer tipo de abuso contra a mulher já seja físico ou verbal, não esquecendo que também há homens sofrendo violência domestica.

Sempre orientamos as mulheres a denunciarem casos de abuso e maus-tratos, pois não foi para isso que Deus criou a mulher.

Isso não tem nada a ver com feminismo ou machismo, é uma questão de respeito a cada ser humano.
Deus instituiu o casamento para que o homem e a mulher vivessem felizes, não em pé de guerra um para com o outro. Não foi pensamento de Deus o homem pisar na mulher, nem a mulher se revelar contra o homem.

A lista é apenas algumas dicas de comportamento para ajudar na convivência do dia-a-dia e evitar problemas, não tem nada de machista, mesmo porque eu não apoio o machismo e nem o feminismo, falaremos disso no seguinte artigo.

Ademais também tenho em meu blog um artigo equivalente para os homens com o mesmo objetivo, evitar atitudes que entristecem as mulheres, “Coisa que os homens fazem que desagrada as mulheres”.

Como você vê, aqui não há nada de machismo, nem depreciação da mulher, até porque eu sou uma, e não aceitaria ser mal tratada ou humilhada pelo meu esposo.

Ambas listas não incitam a mulher ou o homem a tratar mal ou humilhar o companheiro, simplesmente são dicas praticas para o quotidiano que podem melhorar e muito a convivência, tendo sempre em mente que casamento é de dois e os dois devem sacrificar para que haja felicidade.

Pelo menos para mim tem funcionado, 17 anos de casada não são 17 dias, não simplesmente casada, mas muito feliz.

Os maridos não são perfeitos, tampouco as esposas, isso não quer dizer que tenhamos que cometer os mesmos erros para mostrar que somos mais fortes e que não daremos o braço a torcer, se queremos que haja paz devemos estar dispostos a retificar atitudes que ferem, destroem e afastam o casal do plano inicial de Deus para o casamento, isso não significa se submeter a maus tratos.

Agora, se há pessoas que não aceitam nem querem obedecer à palavra de Deus, isso já está fora do meu alcance.

Eu obedeço, e você? Gostaria muito da sua opinião.

Aguarde o próximo artigo, “Guerra dos Sexos – Machismo X Feminismo”.

Autora do livro "Escolhida para o Altar". Faço a obra de Deus no Altar por 20 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.


Comments (12)
  • Avatar

    Velkys Zamora Sep 27 2012 - 11:36 pm Reply

    Definitivamente NO estoy de acuerdo con el machismo, (sinonimo de discriminacion y maltrato contra la mujer)
    Hasta por que ese no fue el plan que Dios tenia al crearla, ya que fue creada de la costilla de Adan, por lo consiguiente para estar siempre a su lado y no para ser pisoteada, pero infelizmente se tiene una mala definicion de lo que es la sumision.!! cuantas mujeres no son las que fracasan en su matrimonio por no ser sumisas,creyendo que si lo hacen estan siendo humilladas. Definitivamente el “ORGULLO” es una plaga con la que nunca se logra ser feliz.
    :)

  • Avatar

    Priscila Couto Sep 28 2012 - 12:07 am Reply

    Oii D. Tania :) Minha opinião é a mesma da senhora! Concerteza a pessoa que enviou esse comentário não conhece o trabalho que a senhora vem desenvolvendo. Lembro que quando li esse post “coisas que a esposa faz que irrita o marido” eu li até para minha mãe (ela admitiu que fazia umas duas ou tres coisas da lista rsrs). Não vi nada de machismo no post! Eu também obedeço! Beijinhos :)

  • Avatar

    Simone Canoas/RS Sep 28 2012 - 7:34 am Reply

    Bom dia Dna. Tania
    Quando me casei tratava mal o meu esposo, não o respeitava, com isso em menos de um ano nossa vida já era um caos e estávamos quase indo para separação. Mas graças a Deus percebi que eu não agia com respeito com ele e que deveria começar em mim a mudança, o que pode ser machismo para quem não respeita e nem deseja agradar seu parceiro com cordialidade, para mim foi o que resgatou meu casamento, me fez ser melhor como pessoa e ajudou outras amigas a melhorarem seus casamentos, orientações que repasso até hoje.
    Homens e mulheres têm pensamentos, criação e objetivos diferentes enquanto ele chega em casa e quer um momento de paz de tanta pressão no trabalho, a esposa quer conversar, falar sobre seu dia, mas quando cada um age com sabedoria sabe dar ao outro o que cada um precisa, ela um colo acolhedor, um sorriso agradável e um clima harmonioso e tranquilo e ele sua paciência e compreensão ouvindo e compartilhando o dia a dia com sua esposa.
    Tem pessoas que precisam demonstrar um autoritarismo e eu era assim e não era feliz, percebi que sou casada para somar com meu esposo e não para sugá-lo e fazer as minhas vontades quando e como eu quero, assim quando mudei tudo mais mudou e pra melhor.

  • Avatar

    Lucia Sep 28 2012 - 7:38 am Reply

    Olá D. Tânia, saber a verdade também irrita muita gente. Essa pessoa não prestou atenção a todo contexto. Isolou “parte “do assunto ( relacionamento homem x mulher) e demonstrou defender uma causa que não estava proposta no tema do artigo ( feminismo x machismo). No popular, ela é o tipo de pessoa que “…pegou o bonde andando e, pior ainda, – pegou o bonde errado… – :)

  • Avatar

    jaci Sep 28 2012 - 8:41 am Reply

    Eu nunca vi uma mulher “defensora” do movimento feminista:o que define que ela deve ser SUPERIOR EM TUDO, e totalmente INDEPENDENTE do homem-até para gerar filhos-
    ser feliz e realizada …quando se casa,ou o marido se torna um banana,ou sempre viverão em conflito.

  • Avatar

    Carol Sep 28 2012 - 11:08 am Reply

    Eu ate posso me identificar com a moça que fiz esse comentario, MAS agora meu pensar é outro. Antes de conhecer o Criador de nos mulheres, eu achava que casar nao era tao importante, que morar com um homem seria o ideal porque assim se eu nao gostase d’ele, eu poderia fugir. Eu achava que as mulheres da igreja so davan importancia aos homems, que a mulher era deixada para atras, que eu tambem tenho direitos a ser cabeca, que elas fizeram uma lavagem no cerebro…
    Para esa amiga so tenho a dizer: O homem machista nao tem lugar no reino de Deus. Ate porque para ser aceito por Jesus, ele tem que ser humilde de verdade, nao ser fingido. Se voce abrir seu coracao, Deus vai te mostrar a Sua vontade para sua vida. Ele mostro para mim e para milhares de outras mulheres.

  • Avatar

    Thamires Farias Sep 28 2012 - 6:09 pm Reply

    Arrebentou! Submissão é diferente de burrice, ambas não tem nada a ver.
    Ansiosa pelo artigo :)

  • Avatar

    Daniela Sep 28 2012 - 9:26 pm Reply

    Na minha opinão, igualdade entre homem e mulher nunca irá existir, pois há diferenças naturais entre ambos; além de que a igualdade é a maior injustiça que existe.
    A mulher foi criada para complementar o homem, o que significa que não foi para ser sozinha nem é para o homem ser só. Cada qual com suas responsabilidades dentro do casamento e da sociedade. Cada qual com suas particularidades que nos torna muito especiais.

  • Avatar

    Heletyce/TO Oct 1 2012 - 3:41 pm Reply

    Com o passar do tempo a mulher foi conquistado seu espaço,mas isso nao pode fazer dela escrava disso, e querer ser superior,mas no meu ponto de vista deve haver um equilibro agredito que isso q falta,ainda que ela tem a dependencia dela nao pode deixar de lado a familia dela.

  • Avatar

    eliete aparecida patricio campos-manaus amazonas Oct 3 2012 - 8:53 am Reply

    Bom dia,dona Tania,não vejo nada de machismo,so vejo a senhora querendo ajudar as mulheres a viverem melhor,a andar nos princípios de Deus,é muito bom ser uma mulher submissa,ambos um compreenderem o outro,sabe isso só nos ajuda a conhecer mais um ao outro nos tornamos mais intímos, amigos,mas em tudo temos que ser sabias,buscando sempre a ter paz no nosso lar e estando aos pés de Jesus.

  • Avatar

    Michela Oct 9 2012 - 2:48 am Reply

    biblia diz o homem é a cabeça e a mulher o corpo…ñ é possível ver 2 cabeças andarem juntos e fazerem o que cada um quer…e mesmo acontece com o corpo, nunca se viu um corpo a andar por ai sozinho…

    Isto quer dizer um completa o outro, a mulher é auxiliadora do seu marido, e não mandona dele…

    A amiga que defende o femenismo de certeza que ela não é feliz no casamento. E o homem sabe da sua autoridade, e geralmente estes não aceitam serem eles os submissos e a mulher a cabeça…

    Qu Deus te ajude amiga…

  • Avatar

    Roberto Castro Sep 25 2016 - 11:53 am Reply

    Kkkkkkkkk Cristianismo não defende machismo é? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Leave a reply

Name (required)

Website