Castelo de Areia

Tania Rubim

Castelo de Areia

Meus pais casaram apaixonados e do fruto do seu amor nascemos minha irmã e eu. Éramos muito amadas por todos pois eramos as caçulas entre os primos.


Mas meus pais tinham problemas, o ciúme doentio de meu pai atrapalhava muito o relacionamento dos dois.

Assim que se chateavam e chegavam a ficar sem se falar vários dias.

Eles sofriam e nos também vendo aquela situação.

Todos os anos costumávamos ir de ferias no mês de Agosto, e parecia que no mês das ferias as coisas melhoravam, meus pais sempre estavam alegres, se abraçavam, andavam de mão dada como se fossem dois namorados.

Era numa cidade bem ao norte de Portugal, de fato podíamos ver Espanha do outro lado do rio. Meu pai alugava uma casa em frente a praia e ali ficávamos desfrutando o calor do Verão.

Eu e minha irma achávamos o maximo sair da rotina do dia-a-dia, não ter que estudar, simplesmente ficar sem fazer nada, só praia, sol e mar, era uma delicia.

Nos divertíamos muito, logo cedo íamos para a praia, nadávamos muito, o mar era lindo e transparente, mais parecia uma piscina, quase não tinha ondas, andávamos de pedalinho, brincávamos na areia, tudo o que duas crianças podem sonhar.

A noite costumávamos ir no centro da cidade tomar sorvete, sempre tinha algum grupo tocando e ali ficávamos horas.

Tudo parecia um sonho, quando de repente, algo acontecia e o castelo se desmoronava.

Meus pais se chateavam por algum motivo e toda aquela felicidade era ameaçada. O ambiente se transformava na hora, meu pai ficava serio, calado e minha mãe ficava na dela.

Eu não compreendia porque aquilo acontecia, tudo estava tão bem, porque não pode permanecer assim? Me perguntava.

Nos continuávamos de ferias, o lugar era lindo, mas já não era mais a mesma coisa, ficávamos a espera que tudo voltasse ao normal, mas as vezes não era tão rápido como gostaríamos. E sempre acontecia a mesma coisa.

Isto já era normal na nossa casa, meus pais tinham problemas e não sabiam lidar com eles, crescemos tentando ajudá-los a resolver seus próprios dilemas sendo nos ainda crianças, mas as coisas não podiam melhorar. Estavam bem por um tempo mas sempre se chateavam e isso nos deixava muito tristes.

Este relato e parte do meu testemunho, darei continuidade no próximo artigo.

Autora do livro "Escolhida para o Altar". Faço a obra de Deus no Altar por 20 anos, espero através do blog ajudá-las, dividindo com vocês experiências e aprendizados.


Comments (6)
  • Avatar

    Natassia Souza Feb 8 2010 - 12:32 am Reply

    ja estou ansiosa pela continuacao… :)

    PS: Amei o outfit da sra nessa foto…

  • Avatar

    Paully Santos Feb 8 2010 - 3:16 pm Reply

    Meu Deus! Por que as senhoras fazem isso com a gente? Quando estamos começando a nos envolver com as mensagens simplesmente lemos: " darei continuidade no proximo artigo" que tortura.
    Mas tudo bem; estarei aqui ligadinha para ver o ultimo capitulo.. quer dizer se for o ultimo capitulo.
    Bjos D.Tania e quero ressaltar que estou amando seu blog.
    Paully Santos
    http://www.paullysantos.blogspot.com

  • Avatar

    nice Feb 8 2010 - 9:35 pm Reply

    a senhora esta linda na foto amei :)
    e o testemunho da mudanca que deus fez na vida da senhora e muito maravilhoso!!!

  • Avatar

    Caroline Duarte Oct 26 2014 - 10:27 am Reply

    Essa história conta a realidade de muitas pessoas.

  • Avatar

    Bárbara Teles Oct 27 2014 - 2:14 pm Reply

    COMO DEUS É MARAVILHOSO..
    O QUE ELE FEZ NA SUA VIDA É MARAVILHOSO
    SEU TESTEMUNHO É FORTE….

  • Avatar

    Valesca Jul 7 2016 - 8:11 pm Reply

    Muito forte o testemunho da senhora

Leave a reply

Name (required)

Website