Tipo de Corpo

Tania Rubim

Tipo de Corpo

Corpo ampulheta

 

Aposte em: decotes em V, para alongar a silhueta; peças ajustadas, que valorizam suas formas; comprimentos acima dos joelhos. 
Evite: cintos grandes na cintura; detalhes na região dos quadris e seios, para não dar mais volume; modelos muito amplos e decotes acentuados. 
Tem que ter: sapato nude, pois ele alonga a silhueta. 
Modelos ideais: alcinha, trapézio e chemisier.

 

 

 

 

Seio pequeno

Aposte em: babados, drapeados, aviamentos e outros detalhes no busto, a fim de dar volume à região; gargantilhas e colares curtos com pingentes para valorizar o colo; peças de listras e cores claras na região do busto. 
Evite: modelo tomara que caia, que achata os seios. 
Tem que ter: sutiã com bojo. Ele dá volume à região. 
Modelos ideais: império, alcinha, trapézio e chemisier.

 

 

 

 

 

Pêra


Aposte em: cores claras, estampas e detalhes na parte superior do corpo para criar volume; decotes amplos, que aumentam os ombros. 
Evite: cintos chamativos, que criam volume na região; modelos transpassados, pois reduzem mais a cintura; cores claras na parte de baixo do corpo. 
Tem que ter: ombreiras discretas – alinham cintura e ombros. 
Modelos ideais: império e chemisier.

 

 

 

 

Seio grande

Aposte em: tons escuras no busto; cintos na altura do quadril: dão volume à região e deixam o corpo proporcional; modelos com listras verticais na altura do busto. 
Evite: decotes muito acentuados a deixarão vulgar; peças fechadas no colo, pois criam volume na região; cores claras ou estampas exageradas na parte de cima. 
Tem que ter: sutiã estruturado. 
Modelos ideais: império, trapézio e chemisier.

 

 

 

 

Triângulo invertido

Aposte em: modelos volumosos na parte de baixo, tipo evasê; tons escuros na parte de cima do corpo; detalhes na parte de baixo: babados, drapeados, etc. 
Evite: ombros estruturados; decote canoa, tomara que caia e frente única, que ampliam os ombros. 
Tem que ter: sapato com detalhes – eles fixam a atenção para a parte de baixo do conjunto. 
Modelos ideais: tubinho, trapézio e chemisier

 

 

 

 

Gordinha

Aposte em: peças com mangas, que escondem a flacidez dos braços e das costas; modelos transpassados, que disfarçam a barriguinha; comprimentos no joelho; decote em V; peças ajustadas ao corpo. 
Evite: tecidos reluzentes; peças sem caimento e muito amplas. 
Tem que ter: colar comprido, que alonga a silhueta. 
Modelos ideais: tubinho e chemisier.

 

 

 

 

 

Retângulo

Aposte em: detalhes na região do busto para criar volume; modelos transpassados, que criam a sensação de curvas ao corpo; cintos nos quadris; listras horizontais. 
Evite: vestidos de corte reto; modelagens amplas; brincos compridos, que acentuam a falta de curvas. 
Tem que ter: bijus arredondadas, pois dão harmonia ao conjunto. 
Modelos ideais: tubinho, trapézio e chemisier.

 

 

 

 

Barriga

Aposte em: tons escuros, que disfarçam o abdomen; peças que chamem a atenção para a parte de cima do corpo: decotes, drapeados, etc; listras para alongar; modelos transpassados que disfarçam gordurinhas. 
Evite: estampas exageradas; peças claras e justas. 
Tem que ter: cinta modeladora 
Modelos ideais: de alcinhas, tubinho e chemisier.

 

Sou casada há 12 anos e atualmente moro nos Estados Unidos. Para mim a principal beleza é a interior, mas a nossa aparência pode falar muito a nosso respeito.Gosto de estar por dentro da moda, mas nem sempre a sigo. A mulher de Deus pode ser moderna sem se submeter totalmente à moda.


Comments (2)
  • Avatar

    Elysa Rocha Jan 10 2012 - 8:47 am Reply

    “É ótimo saber estas dicas, pois às vezes pensamos que não temos o melhor tipo de corpo, mas tudo se deve a como nos vestimos.”

  • Avatar

    Vanessa Aguiar de Abreu Jan 13 2012 - 11:34 am Reply

    Eu nem sabia que meu corpo se identifica com a “pera”. Que engraçado, mas é bom saber disso. Ta ligado. que Deus abençoe.
    😀

Leave a reply

Name (required)

Website